Skip to content

Dilma venceu. E agora?

15 de novembro de 2010

Por: Adriano Villela Costa

Ricardo Costa*

A maratona chegou ao fim. Depois de meses de campanha, frustração por não termos vencido no primeiro turno, expectativa pelo resultado final, finalmente Dilma foi proclamada a primeira mulher eleita presidente do Brasil. Após comemorarmos a vitória, vamos pensar um pouco.

A vitória na eleição, mais do que a coroação de uma longa disputa, marca o início de um processo ainda mais demorado e difícil. Após a apuração dos votos, Dilma ganhou o direito de tentar continuar o vitorioso projeto iniciado por Lula há oito anos. Para que tenha valido a pena, ainda resta muito esforço, dedicação e trabalho.

Os próximos quatro anos representam uma grande oportunidade. Internamente, teremos a Copa do Mundo, grande parte da preparação para as Olimpíadas, a continuidade do crescimento econômico com distribuição de renda, o esforço político para lidar de forma construtiva com uma aliança ampla, a necessidade cada vez mais urgente de aprovar a reforma tributária e a reforma política, a consolidação do pré-sal, e outros desafios menores que, se superados, podem marcar a entrada do Brasil no grupo dos países desenvolvidos.

Externamente, não é diferente. A crise que, para nós, foi uma marolinha já superada, para muitos países ricos ainda é um problema, com possibilidade de trazer repercussões negativas para nossa economia. As dificuldades encontradas pelas nações outrora todo-poderosas têm mantido em pauta discussões sobre o papel até então desempenhado por organismos internacionais como a ONU, o FMI e o Banco Mundial, que já tentaram resolver crises no Terceiro Mundo, mas têm se mostrado incapazes de atuar quando o problema afeta os mais poderosos. O Brasil participa dessas discussões de forma cada vez mais forte e tem um papel importante a desempenhar no desenho do mundo do futuro.

Ainda assim, não concluímos a faculdade, apenas passamos no vestibular. Os desafios são grandes, mas temos capacidade para superá-los. Passada a festa da eleição, é hora de nos unirmos cada vez mais, arregaçarmos as mangas e começarmos a trabalhar para fazer do nosso Brasil um país cada vez melhor.

Perfil do Autor

 

Texto reproduzido do site www.bancariosbahia.org.br. Ricardo Villela Costa é funcionário do Banco do Brasil e também é articulista e co-editor do blog Empreender na Bahia

 

(Artigonal SC #3665752)

Fonte do Artigo – http://www.artigonal.com/politica-artigos/dilma-venceu-e-agora-3665752.html

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: